Momento Cabeção – PlayStation4 e a Ponta do Iceberg.

Senhoras e senhores, eis me aqui outra vez. Sei que estou em debito com vocês, mas peço que compreendam e me perdoem por esse longo período de hiato. Afinal, foram messes corridos em que me dediquei exclusivamente a conclusão e lançamento de meu livro “Batalha por Kirivanta”. Escrever um livro e publica-lo de forma independente neste nosso Brasil é um desafio muito maior que fazer todas as conquistas em Halo, ou que terminar Super Metroid com mais de 100%.  Decidi jogar o jogo da vida no modo de “dificuldade insano”, e vez ou outra tenho de pagar o preço por isso.

Mas vou deixar de rodeios e explicações e ir direto ao ponto. Um assunto tão polemico que me obrigou a sair de meu ostracismo: o preço surreal do Playstation 4 em terras tupiniquins.

Preços absurdamente altos são comuns por aqui.  Todos já sabem que o brasileiro paga, com estranha naturalidade, pelos mais caros (e piores) carros do mundo, pelo BIG-MAC mais caro do mundo, pelos imóveis mais caros das Américas. Isso sem falar nos impostos inconcebíveis que pagamos para receber serviços públicos pífios de volta. Então, porque nos, Gamers, estamos horrorizados com os preços dos consoles da próxima geração? Porque finalmente pisaram em nosso calo? Penso que não é só isso.

PlayStation 4 – R$3999,00 uma pechincha!

8GB de ram, gráficos AMD Radeon, Blue-ray, processador AMD 8-core… Sonho de todos os que jogaram a geração passada. Uma nova geração de consoles , que muitos duvidaram que existiria um dia, e que hoje se torna realidade palpável. Obviamente tamanha maravilha não seria “barata”, mas porque temos de pagar quatro vezes e meia o que pagará um cidadão canadense? Será que somos tão mais feios assim?

Preço do PS4 no mundo – Piada do ano na internet

Muitos pela internet tentam explicar esse fenômeno sobrenatural:

Uns dizem que a culpa é dos impostos. Uma parafernália medieval de taxas e tributos incapaz de diferenciar um videogame de um caça-níquel, feita por políticos que se acham capazes de decidir o que é bom ou ruim, supérfluo ou essencial. Violentando diariamente nosso sagrado direito do livre arbítrio.

Outros dizem que a culpa é das diabólicas corporações, que vem no povo brasileiro uma mina de ouro aberta para exploração. Já que pagamos preços malévolos por produtos ridiculamente piores, porque não venderíamos nossas almas para adquirir uma verdadeira perola da tecnologia? “Custo Brasil” no dos outros é refresco.

Acredito que ambas as hipóteses estão simultaneamente corretas, mas minha mente me obriga a apontar um terceiro culpado, mesmo que isso seja extremamente desagradável. Senhoras e senhores, a culpa também é nossa!

Nos Brasileiros passamos anos confundindo “direitos de usufruto” com “posse”. Explico: Quem compra um carro ou um apartamento financiado no prazo de duas ou três encarnações, não esta verdadeiramente “comprando” um bem, mas garantindo o direito de utiliza-lo enquanto paga por ele. Dúvida de mim? Então experimente parar de pagar o carnê e veja o que acontece.

Essa mania Brazuca de querer tudo no melhor estilo “I Wanna it All, I Wanna it Now” transformou o ato de consumir, essencial em uma sociedade capitalista, em um jogo sujo de lucros, juros e impostos. Tão complexo que mesmo experientes economistas e advogados se confundem. Campo fértil para o aparecimento de pilantras. E aqui chegamos. No país onde fogões e geladeiras são anunciados em vinte e quatro parcelas mensais, o que vocês imaginam que vai acontecer com o PS4?

E esta é só a ponta do Iceberg, meus amigos. Apenas uma demonstração diminuta da distancia astronômica a qual nos encontramos quando nos comparamos a nossos irmão gringos. Pagamos escolas caras, e saímos de lá mais burros. Pagamos carros caros, e dirigimos carroças. Pagaremos por mais essa? Não sei vocês, mas eu me recuso a aceitar mais esse desaforo.

A Sony esta prestes a praticar uma politica de exclusão com os gamers brasileiros. Estou certo de que, quando a poeira baixar, argumentos do tipo “mas a culpa é da pirataria” serão ouvidos por aí. “Pobres e inocentes” executivos. Será que eles não sabem que o fenômeno brasileiro da pirataria em videogames começou bem assim? Nos 8 e nos 16 bits, cartuchos “Paraguaios” podiam ser facilmente comprados por um sexto do preço dos originais, e na era PSX poucos viram consoles nacionais. Essa historia se repetirá? Não posso afirmar. Mas posso dizer que a capacidade humana de superar obstáculos para ter acesso a seus desejos é incomensurável, e não deveria nunca ser desprezada. A contagem regressiva para uma nova corrida ao Paraguai já começou.

Era PSX – Poucos consoles eram nacionais, mas todo mundo jogava!

E para terminar com alto astral, aí vai uma ideia para os mais corajosos e desesperados. É possível comprar uma passagem aérea, com preços promocionais, para os Estados Unidos por pouco mais de R$1000,00. Você pode dar um pulo na terra do Tio Sam, comprar um PS4 por mais ou menos R$870,00 (menos de 500 dólares, nada de impostos) e voltar com mais R$1000,00. Você vai economizar R$1130,00 e de quebra terá uma belíssima aventura no currículo!

Gostou deste texto? Imagina só meu livro! Visite www.kirivanta.com e saiba mais. Ou visite meu blog e fique por dentro do que eu estou aprontando por aí😉

Abraço!

Tags: , , , , ,

15 responses to “Momento Cabeção – PlayStation4 e a Ponta do Iceberg.”

  1. rodgames says :

    Isso ainda vai dar muito o que falar….

  2. Legendario says :

    Boa reflexão, Ademir. É bem isso mesmo. Mas eu acho que, no fundo, os idiotas somos nós. Vai a Sony praticar esses preços em qualquer outra parte do mundo… Boicote, tiro nos pés, e daí para pior. Aqui no Brasil não, vai todo mundo ficar putinho, absurdo e tal, mas depois vai ter um monte de gente comprando. É assim com os carros, porque não vai ser com o PS4? E outra, muitos farão isso: comprarão o console direto nos EUA. Estamos errados, deveriamos dar uma banana enorme para a Sony e comprarmos todos o XONE, aí sim ela sentiria na carne que os gamers brasileiros não gostaram deste tratamento. Mas se a gente ainda compra jogos da Capcom até hoje, nós vamos muito boicotar o PS4… Dúvido! Mas que merecia, ah isso merecia!

    • ad1000br says :

      Concordo com você em quase tudo. Não adianta a gente boicotar o PS4 e cair no colo do Xone, porque a Microsoft sofre da mesma doença da Sony, só que ainda não esta cronico.
      R$ 2000,00 é também um valor muito alto se comparado aos 500 Dolares (R$1150,00 mais ou menos) que os americanos vão pagar no novo XBOX. O boicote tinha de ser GERAL pra dar certo e mostrar nossa indignação. mas como eu duvido muito que isso aconteça, nos sobra a torpe escolha: Se sairmos do fogo, vamos fritar na frigideira, e vice-versa.

      Um Abraço Legendário!

  3. DalFerro says :

    Gostaria de tecer um comentario destruindo a Microsoft porem no momento a unica coisa que penso é como existem trouxas por ai… Se ta caro arruma o emprego melhor. Se é pao duro vai no paraguai e compra. Mas comprar um ChOre?! Num dá e as luzes vermelhas?! Então vai de Sony e seja feliz! Vai ficar jogando Halo?! Gears of war (GOW – god of war? – nao imitaram o nome) me ajuda gente so compro video game do paraguai pq?! Pq sou trouxa e moro no Brasil e nao tenho opcao ou compro la ou me fodo… Alias videogame sempre se fode. Nao da lucro. Entao se é prejuizo pronto pega o prejuizo melhor e vamos embaercar com o ps4. La tem last of us, uncharted, killzone, gow ( god), lbp, gt 7 8 9 10…, motorstorm, rachet and clanck, outros… No concorrente tem.. Allan wake… Acabou? Acabou.

  4. ronald says :

    tô boicotando o play 4 e o x one! vou hoje mesmo comprar um xbox 360 slim por 850 pratas! hguahuahuahuahuahuha

  5. Galliard says :

    A Sony miguelou fortemente na sua justificativa. Não explicou nada. A culpa é da tributação surreal associada à ganância das corporações, distribuidores e varejistas. Todo mundo quer ganhar porque o natal tá chegando e as mamães de todo o BR vão se endividar para comprar PS4 pros moleques. Boicote não existe no BR.

  6. Rodrigo says :

    Inflelizmente vc rem razao Galiard, mobilizacao dos Br em materia de videogames nao existem, ainda vao ter retardados que irão com o PS4 nacional

  7. ad1000br says :

    Quem gostou desse texto, pode conferir os “episódios anteriores” do Momento Cabeção no meu Blog: http://ademirfeliciano.com/category/momento-cabecao/

    Os textos também estão disponíveis aqui no Rodgames.

    Abraço!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: