10 coisas que você não sabia sobre o NES, primeiro console da Nintendo

Em 15 de Julho de 1983 chegava às lojas no Japão uma novidade que mudaria o mundo. Era o Nintendo Family Computer, ou simplesmente NES (Nintendo, até a chegada do Super NES), um videogame que ajudou a ressuscitar um mercado dado como morto e a criar uma indústria que hoje movimenta bilhões de dólares. O nostálgico console de mesa da Nintendo está completando 30 anos, por isso ele merece esta matéria super especial com 10 curiosidades que provavelmente você não sabia. Confira:
1 – O NES foi o primeiro console de mesa da Nintendo, chegou em um momento em que o mercado de entretenimento digital estava em crise e o revitalizou completamente. A primeira versão do NES saiu no Japão e tinha as cores vermelho e creme, além de um suporte para o controle embutido no console. A intenção dos engenheiros era que o console tivesse um aspecto de brinquedo familiar, que pudesse atrair tanto crianças como adultos.
2 – O line-up de lançamento do NES teve três jogos: Donkey Kong, Donkey Kong Junior e Popeye. O console foi o primeiro a permitir que empresas terceirizadas fabricassem jogos para um console. O NES vendeu aproximadamente 60 milhões de unidades. A fabricação do console foi iniciada em 1983 e só se encerrou em 1996 – se considerado também o novo modelo, o NES 101, a fabricação só se encerrou em 2003.
3 – O NES é o segundo console de maior sucesso da Nintendo, perdendo somente para o Wii. O console foi o primeiro a investir em periféricos tais como R.O.B, a arma Zapper e a Power Glove. O controle do NES foi o primeiro a colocar direcional do lado esquerdo do controle, ditando a regra da indústria até hoje. Antes de adicionar os botões de Start e Select, os engenheiros queriam um microfone no controle – ouvir a própria voz na televisão era uma das apostas dos primeiros modelos do console.
4 – Super Mario Bros., o jogo mais vendido da história, foi lançado para o NES em 1985. Além de tornar o bigodudo o símbolo da empresa, o game ainda rendeu duas continuações diretas. O console foi lançado no Japão por 14.800 ienes; hoje, algo equivalente a R$ 340. A primeira ideia dos engenheiros da Nintendo para o NES era que fosse 16-bit e não 8-bit como o lançado; a mudança se deu devido o alto custo que o console teria. No Brasil, diversos clones do NES/Famicom foram lançados, entre eles o Phantom System e o Dynavision II.
5 – Antes de entrar no mercado estadunidense, a Nintendo tentou uma parceria com a Atari. O console se chamaria Nintendo Enhanced Video System, mas não foi para frente, cada uma acabou lançando seu próprio aparelho. O bloqueio de região para os jogos começou no NES. Os limites de localidade se davam pelos pinos dos cartuchos – os do Japão tinham 60 e os dos EUA 72.
6 – O NES foi o console que deu vida à séries como The Legend of Zelda, Mega Man, Contra, Metroid e Final Fantasy. The Legend of Zelda  foi o primeiro jogo a habilitar um sistema de salvamento; além disso, uma edição especial do game vinha com um cartucho dourado.
7 – Estima-se que até hoje foram desenvolvidos mais de 700 jogos para o NES e que foram fabricados mais de 500 milhões de cartuchos. Castlevania, Battletoads, Kirby, Ducktales, Dragon Quest, Double Dragon e Kid Icaru’s são alguns dos grandes títulos do NES.

8 – O nome popular do console no Japão, Famicom, vem da abreviação Family Computer.A arma Zapper do NES japonês era totalmente diferente da americana – enquanto uma parecia uma .38, a outra era uma arma futurista.

9 – Seu maior concorrente, o Master System, tinha maior poder de processamento, mas perdeu a disputa nas vendas – menos na Europa, onde o console da Sega se consagrou.Reza a lenda que a versão estadunidense Super Mario Bros. 3 é mais fácil que a japonesa.
10 – A mulher de Masayuki Uemura, criador do NES, foi a responsável pelo apelido do console original, o Famicom. A versão americana do console tinha as cores cinza, preto e vermelho – o intuito era parecer um console moderno e poderoso, diferente do estilo japonês. A Nintendo foi a primeira empresa japonesa a triunfar no mercado de games dos Estados Unidos – estima-se que uma em cada três casas estadunidenses tinham um NES no fim da década de 1990.

 

Tags:

About rodgames

Um jogador das antigas, que ainda continua na ativa no mundo dos videogames!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: