Especial – Os 25 anos de Mega Man – Parte 3


 
Pois é amigos, depois de relembrarmos a série clássica nas partes I e II, finalmente nosso especial chega em uma das séries mais queridas da saga Mega Man, a série do Mega Man X. Então vamos ao que interessa!
 
Antes de iniciar vamos deixar algo claro, o personagem MEGAMAN X não é o mesmo robô da série clássica.
 
Com isso em mente, vamos nos situar na história. Os eventos a seguir ocorrem antes do jogo Mega ManX.
Em AD 20XX após os eventos de Mega Man: The Power Fighters, o personagem Zero é criado pelo Dr Wily e selado em uma cápsula.
 
 
 
Em 18 de setembro AD 20XX Dr Light cria Mega Man X, este ficando sob análise automática durante no mínimo, 30 anos, por ter um sistema que pode se tornar instável – seu livre arbítrio. No final de Mega Man: Power Battle há uma discussão onde Dr. Light pondera que os robôs precisam determinar o que é certo e errado por eles mesmos, ficando claro que este é o inicio da pesquisa que dará origem ao Mega Man X.
Durante esse período mínimo não se sabe ao certo o que acontece, entretanto, Mega Man (original) e Bass, desaparecem junto com o Proto Man, que se sabia ter um defeito em seu gerador de energia. X continua em sua cápsula até despertar no século seguinte. Também não se sabe o que aconteceu com Dr. Light e com Dr. Wily e nem como Zero foi despertado.
Já em 21XX, Dr. Cain, um cientista botânico, encontra a cápsula de X durante uma escavação e o reativa. Numa tentativa de copiar X, Dr. Cain cria os Reploids depois de 3 meses, e se torna um sucesso. Mais 4 meses se passam e começam a haver atividades dos Mavericks, que são nada mais nada menos que Reploids que, por seu livre arbítrio, resolvem enfrentar a humanidade julgando-a como inferior.
A origem real dessa rebelião já é conhecida pois é devido a falta de análise nos Reploids; X foi o único que teve seus ideais criados sempre à favor da humanidade. Para dominar a ameaça Maverick, foram criados os Maverick Hunters (Irregular Hunters no original japonês), que eram liderados por um Reploid possuidor dos melhores chips neurais da época e que assim não se rebelaria. Seu nome: Sigma.
Sigma foi convocado para derrotar um Marverick extremamente poderoso e que estava destruindo vários reploids. Seu nome era Zero.  No início Zero era extremamente violento e forte e sozinho destruiu um batalhão inteiro de novecentos Maverick Hunters (comandados por Gamma). Zero continha em seu interior um tipo de vírus que deixava os robôs descontrolados e sua ação nos reploids era transformá-los em marvericks.
Sigma quase perde a luta, contudo, por sorte, Zero teve um defeito no meio da luta (seu cristal começou a brilhar e um W apareceu neste) baixando a guarda para Sigma que se aproveitou da chance para destruir o cristal de Zero com um soco, vencendo a luta.

 
 
 
Nesse momento o virus que Zero carregava foi transferido para Sigma. Acompanhe a luta de Zero e Sigma no vídeo abaixo, um dos melhores da saga Mega Man sem sem sombra de dúvida. Sigma absorveu o vírus por causa do contato com o cristal de Zero. Zero foi consertado por Dr. Cain e teve sua memória apagada, provavelmente pelo soco, embora ainda houvesse borrões de memória em sua mente. Ele é recrutado para os Maverick Hunters e passa a lutar ao lado de Sigma, enquanto este ainda não demonstrava sinais de rebeldia.
 Fim do prólogo pessoal, vamos aos jogos!
 
A série Mega Man X está atualmente dividida em 11 jogos (excluindo Mega Man X Collection que é coletânea e Maverick Hunter X que é remake).

Mega Man X (SNES, PC)

Ao perceber que os Reploids são superiores à raça humana, Sigma reúne vários Hunters para se tornarem Mavericks e supostamente, destrói a Base dos Hunters com uma chuva de mísseis. X tenta deter Sigma mas é impedido por Vile (Vava no original japonês), um ex-Hunter que teve problemas em seu cérebro e foi desativado, mas que agora trabalhava para Sigma. Vile quase destrói X, mas ele é salvo por Zero, que convence X a continuar lutando. Para acabar com os planos de Sigma, X parte em direção a base de Sigma, que ficava em cima de um rochedo voador. X enfrenta os Maverick Hunters mais poderosos da época, que o desprezavam por ser um Hunter de nível B. X também encontrou vários cápsulas contendo partes de uma armadura criada por Dr. Light, especialmente para uma ocasião como esta. Não se sabe ao certo se o holograma que aparece nas cápsulas são mensagens gravadas ou uma forma de inteligência artificial.


Após finalmente derrotar os seguidores de Sigma (Chill PenguinLaunch OctopusArmored ArmadilloSpark MandrilFlame MamoothStorm EagleSting Chameleon e Boomer Kuwanger), X e Zero invadem a base dele, mas Zero acaba sendo derrotado por Vile. X tenta ajudar mas não consegue fazer muito. Zero, em um momento de desespero, explode a armadura robótica de Vile, equilibrando a luta, mas ficando severamente danificado. Após a aparente destruição de Zero, X absorve a arma de Zero, a Zero Buster.

Tendo uma das armas mais fortes, Zero X Buster, X destrói Vile e Zero diz a ele que ele pode derrotar Sigma e morre. X enfrentou mais alguns robôs que guardavam a fortaleza e finalmente encontrou Sigma, que acabou sendo derrotado, para a surpresa de ambos. Mas a luta estava longe de acabar e Sigma ataca X com um poderoso novo corpo, chamado de Wolf Sigma, que também é eliminado por X, que escapa da base antes de ela cair na água e desaparecer.

 
Vale lembrar, a titulo de curiosidade, que nesse jogo o Mega Man X pode soltar o famoso golpe de Ryu do Street Fighter, o HADOUKEN, cumprindo alguns requisitos voce conseguirá o lendário golpe em uma cápsula do Dr. Light.

MEGA MAN X2 (SNES)

Seis meses se passaram e X se tornou líder dos Maverick Hunters. Dr. Cain deu a ele informações de que os últimos seguidores de Sigma estavam escondidos em uma fábrica abandonada de Mechaniloids (robôs incapazes de pensar). X acabou tendo que destruir um Mechaniloid gigante para escapar. Mal desconfiava ele que estava sendo observado por três Mavericks: Violen, Serges e Agile, os X-Hunters.Elesforam obrigados a se revelar e obrigar X a enfrentá-los, pois eles tinham as partes de Zero, embora não conseguissem ressucitá-lo sem o Chip de Controle. X conseguiu derrotar os Mavericks restantes e recuperar as partes de Zero. Dr. Cain descobriu que a base dos X-Hunters era localizada no Pólo Norte e enviou X até lá enquanto tentava consertar Zero. X destruiu os três X-Hunters, mas descobriu que eles estavam sendo usados por Sigma o tempo todo.

Se no Megaman X original você podia adquir o famoso Hadouken, nessa sequência você obtem o não menos lendário Shoryuken.

Sigma apareceu com uma versão negra do Zero, porém o verdadeiro logo apareceu e destruiu a cópia (usando seu Z-Saber pela primeira vez). Sigma revela que Zero estava destinado a segui-lo, mas Zero decide enfrentá-lo.

X parte atrás de Sigma e o derrota novamente. Antes de desaparecer Sigma dá a entender que conhece Dr. Wily.

Algumas curiosidades:

Mega Man X 2 foi o primeiro jogo da série que dá dicas sobre o passado de Zero

Mega Man X 2 foi o único jogo da série X que não foi lançado para o PC.

Mega Man X3 (SNES, PS 1, Saturn e Pc)

Vários meses depois do fim de Mega Man X 2, um famoso cientista Reploid chamado Dr. Doppler inventou um Chip Neural que seria capaz de inibir completamente o comportamento Maverick de um Reploid. Em pouco tempo não havia mais Mavericks e os seguidores de Doppler construiram Dopple Town, uma cidade pacífica onde eles viviam. Porém os Reploids que supostamente haviam deixado de agir como Mavericks começaram a causar confusão e X e Zero partiram para trazer Doppler à justiça.

Algumas horas depois um contato de emergência fez com que os dois Hunters voltassem à base que estava sob ataque. Depois de controlar a rebelião, X e Zero começaram a investigar Dopple Town e X derrotou alguns Mavericks que viviam lá. Isso fez com que Dr. Doppler mandasse Bit e Byte (no Japão conhecidos como Nightmare Police), seus fiéis ajudantes, atrás de X, assim como Vile, que havia sido reconstruído e queria vingança. X venceu todos eles e após acabar com todos os Mavericks de Dopple Town invadiu o laboratório de Doppler. Dr. Cain descobriu que Doppler criou um poderoso corpo de batalha, mas que o próprio Doppler não poderia usá-lo, o que levou X e Zero a suspeitar que Sigma estivesse envolvido. Quando X encontrou Doppler, este o convidou para se juntar a ele no novo mundo que ele queria criar, mas X tratou de vencer, trazendo Doppler de volta a razão. X então lutou contra Sigma, que sendo derrotado mais uma vez decidiu possuir X, que fugiu mas ficou encurralado. Antes que Sigma pudesse fazer algo, Zero apareceu e usou um antivírus criado por Doppler para deter Sigma.

Curiosidades

Este foi o primeiro jogo onde os jogadores puderam controlar Zero

A versão de Ps1 e Saturn contém vídeos no estilo anime e foi o primeiro jogo da série X a contar com tais recursos.

Na versão americana de Mega Man X Collection de Ps2, Gamecube e Xbox foi usada a versão européia de Ps1 e Saturn ao invés da versão de Super Nintendo.

É considerado pelos fãs como um dos mais difíceis de toda a série X.

Cumprindo certas condições Mega Man X pode utilizar o Z saber de Zero, isso só voltaria a ocorrem em Mega Man X 6.

Ao terminar o jogo, uma mensagem aparece dizendo “Para salvar a humanidade, X terá que lutar com Zero”, isso realmente viria a ocorrem em Mega Man X5.

Pois é amigos, terminamos mais uma parte de nosso especial. Na próxima parte iremos conferir os jogos de Game Boy Color e um dos jogos mais queridos dos fãs, o Mega Man X 4!

Tags: , , ,

About rodgames

Um jogador das antigas, que ainda continua na ativa no mundo dos videogames!

14 responses to “Especial – Os 25 anos de Mega Man – Parte 3”

  1. Anonymous says :

    Finalemente o megamanx, excelente post

  2. Rafael de Oliveira says :

    Muito confuso esse bixo! kkk
    Mas os jogos são foda!

  3. Wolvie says :

    Achei legal, so acho sacanagem a Capcom não fazer um jogo pra mostrar o que aconteceu com o megaman clássico e sua turma!

  4. Felipe Dal Piccolo says :

    Excelente matéria, amigo! Quem é fã vai adorar.

  5. azul says :

    nesse trecho:

    “Nesse momento o virus que Zero carregava foi transferido para Sigma. O vírus é, na verdade, uma subrotina do programa moral do X, chamado de “circuito de sofrimento”. Isso faria com que X abdicasse a violência. Funcionou bem para o X, mas quando Dr. Cain criou os Reploids, seus circuitos não aguentaram e fez com que ao invés de abdicarem à violência, eles ficassem violentos. Acompanhe a luta de Zero e Sigma no vídeo abaixo, um dos melhores da saga Mega Man sem sem sombra de dúvida.”

    da onde você tirou está informação que o que aconteceu com zero naquele momento foi causado por um “virus” que foi criado segundo sua explicação pelo dr light,????? sim pelo que você escreveu fica subentendido que foi ele que criou pois você disse que seria uma “O vírus é, na verdade, uma subrotina do programa moral do X”

    • rodgames says :

      Pois é ficou confuso mesmo, é tanta matéria sendo escrito que acabou causando esse lapos, nunca que o virus foi criado pelo Dr Light, valeu pelo toque, já foi corrigido!

  6. Anonymous says :

    foi zero que matou x clássico !

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: